JOHN FROM

Sinopse

Rita tem tudo. Tem 15 anos e o Verão à sua frente. Molha o chão da varanda e chapinha enquanto apanha valentes banhos de sol. Tem um ex-futuro namorado e o presente infalível da sua melhor amiga. Faz tranças e tem festas onde mostrá-las.
Muito naturalmente, de Portugal ao Pacífico Sul, esta fortaleza desaba com doçura quando a adolescente vê a exposição que um novo vizinho apresenta no centro comunitário do bairro.

Bio-filmografia do realizador

João Nicolau nasceu em Lisboa e, por isso, nunca percebeu nem nunca há de perceber nada sobre o Médio Oriente. Trabalha como realizador, montador, actor e músico.
Realizou as longas metragens A Espada e a Rosa (2010) e JOHN FROM (2015) e as curtas Rapace (2006), Canção de Amor e Saúde (2009), O Dom das Lágrimas (2012) e Gambozinos (2013).
Os seus filmes são regularmente exibidos nos mais prestigiados festivais de cinema: Cannes, Veneza, Locarno, São Paulo, Belfort, Viena, Busan, Buenos Aires, Sevilha, Vila do Conde, Angers, Milão, Montreal, Mar del Plata, Belo Horizonte, Valdivia, Roma, Sarajevo, entre outros.

JOHN FROM [2015] GAMBOZINOS [2013] O DOM DASGRIMAS (para Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura) [2012] A ESPADA E A ROSA [2010] CANÇÃO DE AMOR E SAÚDE [2009] RAPACE [2006] CALADO NÃO DÁ [1999]

ESTREIAS

PORTUGAL: 31/03/2016
FRANÇA: 25/05/2016
BRASIL: 22/12/2016

Festivais

NOVOS CINEMAS [Espanha, 2016]: Prémio do Júri Oficial – Melhor Filme
FILMADRID [Espanha, 2016]: Prémio do Júri Oficial – Melhor Filme | Prémio do Júri Jovem – Melhor Filme
FICUNAM [México, 2016]: Menção Especial
BAFICI [Argentina, 2016]: Menção Especial
D’A Barcelona Int Auteur Film Fest [Espanha, 2016]: Menção Especial
Mostra de São Paulo [Brasil, 2015]
Panorama Internacional Coisa de Cinema [Brasil, 2015]
Sevilla European Film Festival [Espanha, 2015]
Cineuropa [Espanha, 2015]
Cinemed [França, 2015]
Torino IFF [Itália, 2015]
Entrevues [França, 2015]

Ver mais

Nota do Realizador

Nada é tão feroz como o coração de uma menina. Se há coisa mais pura e violenta eu não sei qual é.
Assumidamente pudico e lúdico, este filme procura auscultar a lógica e as metamorfoses da paixão juvenil. Respeitando os seus códigos particulares, acompanhando-os, a exploração a que me propus quis-se sempre distante daquela que olha a atracção entre uma adolescente e alguém mais velho como uma disfunção psicológica ou um sintoma de doença social. Ao filme e à protagonista não restou por isso outro caminho senão o da constante transfiguração que nos aproxima daquilo que nessa paixão é mais verdadeiro: a beleza.

Veja o filme online

Sons

Ficha artística

Júlia Palha Clara Riedenstein Filipe Vargas Leonor Silveira Adriano Luz

Ficha técnica

realização João Nicolau argumento João Nicolau e Mariana Ricardo música original João Lobo director de fotografia Mário Castanheira som Miguel Martins montagem Alessandro Comodin, João Nicolau guarda-roupa Susana Moura decoração Bruno Duarte e Cypress Cook director de produção Joaquim Carvalho co-produtor Thomas Ordonneau produtores Luís Urbano, Sandro Aguilar

cor | 100’ © O SOM E A FÚRIA, SHELLAC SUD 2015