GAMBOZINOS

Sinopse

Um rapaz de dez anos debate-se com as agruras da vida numa colónia de férias. Não é fácil ser ignorado pela menina dos seus olhos e ver a camarata vandalizada por rufias quase adolescentes. Felizmente, na floresta, os gambozinos teimam em não aparecer.

Bio-filmografia do realizador

João Nicolau nasceu em Lisboa e, por isso, nunca percebeu nem nunca há de perceber nada sobre o Médio Oriente. Trabalha como realizador, montador, actor e músico.
Realizou as longas metragens A Espada e a Rosa (2010) e JOHN FROM (2015) e as curtas Rapace (2006), Canção de Amor e Saúde (2009), O Dom das Lágrimas (2012) e Gambozinos (2013).
Os seus filmes são regularmente exibidos nos mais prestigiados festivais de cinema: Cannes, Veneza, Locarno, São Paulo, Belfort, Viena, Busan, Buenos Aires, Sevilha, Vila do Conde, Angers, Milão, Montreal, Mar del Plata, Belo Horizonte, Valdivia, Roma, Sarajevo, entre outros.

JOHN FROM [2015] GAMBOZINOS [2013] O DOM DASGRIMAS (para Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura) [2012] A ESPADA E A ROSA [2010] CANÇÃO DE AMOR E SAÚDE [2009] RAPACE [2006] CALADO NÃO DÁ [1999]

Nota de Intenções

Como toda a gente sabe, os gambozinos são seres míticos que existem naquele terreno movediço situado entre a infância, a ingenuidade e a superstição popular. São, se quisermos, uma exponenciação colectiva da imaginação. Não sendo um especialista, suspeito que o cinema é praticamente a mesma coisa.

Estreia

PORTUGAL: 17 DE OUTUBRO 2013 Programa “O Som e a Fúria apresenta 4 Curtas”

Festivais & Prémios

Quinzena dos Realizadores – Festival de Cannes Prémio Illy para Melhor Curta-Metragem [França, 2013]
21º Curtas Vila do Conde [Portugal, 2013]: Menção Honrosa (M/9) Curtinha
Janela Internacional de Cinema do Recife: Melhor Imagem [Brasil, 2013]
Cinemed: Grand prix du court métrage [França, 2013]
Festival Luso Brasileiro de Santa Maria da Feira [Portugal, 2013]: Prémio dos Cineclubes
Festival Ibérico de Cinema de Badajoz [Espanha, 2014] Melhor Música Original
Sarajevo International Film Festival [Bosnia, 2013]
Milano Film Festival [Itália, 2013]
Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte [Brasil, 2013]

Ver mais

Veja o filme online. A qualquer hora, em qualquer lugar.

Ficha artística

Tomás Franco Paulo Duarte Ribeiro Pedro Leitão Isabel Portugal Ana Sofia Ribeiro

Ficha técnica

argumento e realização João Nicolau fotografia Mário Castanheira som Vasco Pimentel assistente de realização Bruno Lourenço anotação Telmo Churro decoração Bruno Duarte guarda-roupa Lucha d’Orey montagem Telmo Churro, João Nicolau montagem de som & mistura Miguel Martins direcção musical Mariana Ricardo director de produção Joaquim Carvalho produtores Luís Urbano, Sandro Aguilar co-produtor Justin Taurand

35MM + DCP | 1:1.66 | DOLBY SRD | 20’

© O SOM E A FÚRIA, LES FILMS DU BÉLIER 2013

Apoios

  • Filme apoiado por ICA ICA
  • Com o apoio às curtas do Departamento de Seine Saint-Denis, em parceria com o Centre National du Cinéma et de l’Image Animé Conseil Général de la Seine-Saint Denis Conseil Général de la Seine-Saint Denis
  • e a participação RTP RTP
  • Com o apoio PT PT